O Sítio da Aventura e das Actividades de Ar Livre
Grupo 94 Associação Escoteiros de Portugal
Artigo     Outros Artigos  

Saber beber - água

De todos os elementos de sobrevivência, a água é o mais importante. Sem água não existe vida, deste modo é crucial saber onde encontrar e como fazer água em situações extremas.
Em certos casos é possível sobreviver sem comer durante semanas, mas sem água uma semana é o tempo que nos resta.


Condições

Num clima temperado, uma pessoa deve beber cerca de 2,5 litros de água por dia. Mesmo que não exerça grande actividade física, o consumo de água é essencial pois a perda de fluídos verifica-se através de:

suor - 1 decilitro de água por dia
fezes - 2 decilitros de água por dia
difusão através da pele - difusão das moléculas de água através da malha celular da pele. Perde-se cerca de 4 decilitros de água por dia.
respiração - 4 decilitros de água por dia
urina - 1,5 litros de água por dia


A necessidade de aumentar a dose diária de água varia com as situações, como;

exposição ao calor: quando exposto a altas temperaturas o corpo tem tendência a perder até 4 litros de água por hora através do suor.

exposição ao frio: a inspiração de ar frio resulta no aumento da perda de água através da evaporação, nos pulmões.

exposição a grandes altitudes: com a descida de temperatura do ar dá-se a situação anterior, de exposição ao frio, acompanhada do esforço para respirar a grande altitude.

actividade física: através do aumento do ritmo respiratório e do exercício.

queimaduras: com a destruição das camadas exteriores de pele, verifica-se a destruição de todas as barreiras para a difusão da água.

Método para evitar a perda de água

Como a perda de água pode provocar a desidratação, se não conseguirmos ter um abastecimento regular é necessário colocar em prática uma série de medidas para reduzir essas perdas.
Devemos reduzir a actividade física ao mínimo. Realize todas as tarefas devagar e descanse regularmente. Em climas quentes trabalhe essencialmente de noite. Mantenha-se agasalhado para evitar a perda de fluídos, mesmo em climas quentes. O suor que se acumula, arrefece a camada de ar existente entre a roupa e o corpo, diminuido a actividade das glândulas sudoríferas.

Transportar água

Os cantis ou as garrafas são essenciais em qualquer "caminheiro". Existem vários modelos, plásticos ou em alumínio, os de alumínio têm a vantagem de poderem ser expostos ao lume e assim aquecer água, chá, etc
A água pode ainda ser transportada em sacos de plástico, ou até mesmo em preservativos (sem lubrificante) que suportam até 1 litro, latas (sem ferrugem), no fundo tudo que consiga conservar a qualidade da água.


Indicadores de existência de fontes de água

enxames de insectos: tenha especial atenção às abelhas e aos carreiros de formigas.

aves: bandos de aves podem indicar a presença de água, mas é preciso ter em conta as aves marinhas que conseguem percorrer longas distâncias sem beber água o que faz delas um indicador não muito preciso.

animais: os animais ruminantes necessitam de água ao anoitecer e ao amanhecer. Os animais carnivoros obtêm os líquidos a partir da ingestão das suas presas, como tal são mais faliveis a indicar a presença de água, mas há que ter em conta que os melhores locais de caça estão situados perto de água (charcos, lagos,etc).

abundância de vegetação variada: indica água superficial.

solo dos vales: as vertentes inclinadas dos vales podem albergar lençois de água.

rastos de animais: podem guiar até zonas de água.


Métodos de obtenção de água

Alambique Solar
Este é um método eficaz de produzir água. Escave um buraco com 1m de largura e com 60 cm de profundidade. Coloque um recipiente no meio do buraco. Tape o buraco com um plástico e prenda-o com pedras, areia ou terra nos bordos. Sensivelmente a meio do plástico ponha uma pedra. Opcional mas muito útil é tentar arranjar um tubo ou mangueira, para colocar dentro do recipiente e de modo a que a outra ponta saia perto das bordas do plástico. Deste modo o acesso à água é mais fácil e permite que o seu alambique funcione durante todo o ciclo solar.
O sol aumenta a temperatura no ar e no solo do buraco, produzindo vapor, que ao condensar no plástico escorre para o recipiente.
A destilação solar, permite destilar água pura, contaminada ou salgada. Para a água do mar ou contaminada é necessário abrir uma vala com cerca de 30 cm a partir do alambique. É nesta vala que iremos vazar a água que ao entrar no solo, ficará filtrada antes de entrar no alambique e ser destilada.


Saco de Transpiração
Trata-se de um processo muito simples para obter água. Coloque um saco de plástico sobre um ramo de uma árvore ou arbusto. Feche a abertura do saco sobre o próprio ramo, e ate um peso ao fundo do saco de modo a deixar o ramo inclinado , fazendo com que a água se concentre no fundo. É conveniente medar de ramo todos os dias e recolher a água no fim de cada utilização.


Água da Chuva

A água da chuva pode ser obtida através de vários prcocessos que partilham de um conceito comum, reunir a água que cai dispersamente num recipiente. Deste modo podemos utilizar latas, garrafas (às quais cortamos a parte de cima), sacos de plástico, etc.
Este método é simples e bastante rápido de montar, e bastante similar ao alambique. Cava-se um buraco com 15 cm de profundidade no solo. Coloca-se um plástico por cima do buraco e prendem-se os bordods deste com pedras, terra ou areia. E é só esperar que a chuva encha o nosso pequeno «poço».

   

Escalada

O desejo de subir, de alcançar o topo é próprio do ser humano, que se antes o fazia por necessidade e desafio à sua própria existência, agora o faz para testar os seus limites e ver até onde consegue chegar por si e em relação aos outros.
Artigo CompletoMais...


Paintball

Imagina-te camuflado no meio do mato, escondido do "inimigo" numa missão de conquista. O teu objectivo é apanhar a bandeira do inimigo, sem que a da tua equipa seja tomada
Artigo Completo Mais...


Escotismo
Já está em funcionamento o canal de Escotismo do site. Neste canal, podes ver informações de actividades do grupo, o historial do grupo, fotografias de algumas actividades, consultar artigos de técnica escotista, ler o teu mail, participar no forum, etc... Ver Canal Mais...
 
 

Canais: Actividades | Equipamento | Técnicas Úteis | Ambiente | Internet | Bibliografia
Sobre nós: Redacção | Grupo 94 Escoteiros de Portugal | Contactos

Design: 1 Minuto de Fama